NOVEMBRO AZUL – É hora de interromper o preconceito

Novembro Azul é o nome do movimento que busca a conscientização a respeito do câncer de próstata e da saúde masculina. O preconceito com o exame de toque faz com que o câncer de próstata seja o tipo de câncer mais frequente em homens no Brasil.

 

O que é a próstata?

É uma glândula presente nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides.

O que é o câncer de próstata?

As células são as menores partes do corpo humano. Durante toda a vida, as células, se multiplicam, substituindo as mais antigas por novas. Mas em alguns casos, pode acontecer um crescimento descontrolado de células, formando tumores que podem ser benignos ou câncer.

Quais fatores podem aumentar o risco de ter câncer de próstata?

  • Idade: idade é um fator de risco importante, uma vez que tanto a incidência quanto a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos.
  • Histórico na família: Pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos, podendo refletir tanto fatores genéticos (hereditários) quanto hábitos alimentares ou estilo de vida de risco de algumas famílias.
  • Sobrepeso e obesidade: Excesso de gordura corporal aumenta o risco de câncer de próstata avançado.

É possível prevenir o câncer de próstata?

  • Adotar práticas saudáveis diminui o risco de várias doenças, inclusive o câncer.
  • Ter uma alimentação saudável
  • Praticar atividade física
  • Manter o peso corporal adequado
  • Não fumar
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas

Quais são os sinais e sintomas?

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa e, quando apresenta, os mais comuns são:

  • Dificuldade de urinar;
  • Demora em começar e terminar de urinar;
  • Sangue na urina;
  • Diminuição do jato de urina;
  • Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

 

Procurem conversar com um profissional de saúde para conhecer melhor sobre os exames de rotina.