Ads Disjuntores

logo-13-Anos

Tabela Funções ANSI | ADS Disjuntores

TABELA DE FUNÇÕES ANSI

 Nrº. DESCRIÇÃO
1Elemento Principal
2Relé de partida ou fechamento temporizado
3Relé de verificação ou interbloqueio
4Contator principal
5Dispositivo de interrupção
6Disjuntor de partida
7Relé de taxa de variação
8Dispositivo de desligamento da energia de controle
9Dispositivo de reversão
10Chave comutadora de sequência das unidades
11Dispositivo multifunção
12Dispositivo de sobrevelocidade
13Dispositivo de rotação síncrona
14Dispositivo de subvelocidade
15Dispositivo de ajuste ou comparação de velocidade e/ou frequência
16Dispositivo de comunicação de dados
17Chave de derivação ou descarga
18Dispositivo de aceleração ou desaceleração
19Contator de transição partida-marcha
20Válvula operada eletricamente
21Relé de distância
22Disjuntor equalizador
23Dispositivo de controle de temperatura
24Relé de sobreexcitação ou Volts por Hertz
25Relé de verificação de Sincronismo ou Sincronização
26Dispositivo térmico do equipamento
27Relé de subtensão
28Detector de chama
29Contator de isolamento
30Relé anunciador
31Dispositivo de excitação
32Relé direcional de potência
33Chave de posicionamento
34Dispositivo master de sequência
35Dispositivo para operação das escovas ou curto-circuitar anéis coletores
36Dispositivo de polaridade ou polarização
37Relé de subcorrente ou subpotência
38Dispositivo de proteção de mancal
39Monitor de condições mecânicas
40Relé de perda de excitação ou relé de perda de campo
41Disjuntor ou chave de campo
42Disjuntor / chave de operação normal
43Dispositivo de transferência ou seleção manual
44Relé de sequência de partida
45Monitor de condições atmosféricas
46Relé de reversão ou desbalanceamento de corrente
47Relé de reversão ou desbalanceamento de tensão
48Relé de sequência incompleta / partida longa
49Relé térmico
50Relé de sobrecorrente instantâneo
51Relé de sobrecorrente temporizado
52Disjuntor de corrente alternada
53Relé para excitatriz ou gerador CC
54Dispositivo de acoplamento
55Relé de fator de potência
56Relé de aplicação de campo
57Dispositivo de aterramento ou curto-circuito
58Relé de falha de retificação
59Relé de sobretensão
60Relé de balanço de corrente ou tensão
61Sensor de densidade
62Relé temporizador
63Relé de pressão de gás (Buchholz)
64Relé detetor de terra
65Regulador
66Relé de supervisão do número de partidas
67Relé direcional de sobrecorrente
68Relé de bloqueio por oscilação de potência
69Dispositivo de controle permissivo
70Reostato
71Dispositivo de detecção de nível
72Disjuntor de corrente contínua
73Contator de resistência de carga
74Relé de alarme
75Mecanismo de mudança de posição
76Relé de sobrecorrente CC
77Dispositivo de telemedição
78Relé de medição de ângulo de fase / proteção contra falta de sincronismo
79Relé de religamento
80Chave de fluxo
81Relé de frequência (sub ou sobre)
82Relé de religamento de carga de CC
83Relé de seleção / transferência automática
84Mecanismo de operação
85Relé receptor de sinal de telecomunicação (teleproteção)
86Relé auxiliar de bloqueio
87Relé de proteção diferencial
88Motor auxiliar ou motor gerador
89Chave seccionadora
90Dispositivo de regulação (regulador de tensão)
91Relé direcional de tensão
92Relé direcional de tensão e potência
93Contator de variação de campo
94Relé de desligamento
95Usado para aplicações específicas
96Relé auxiliar de bloqueio de barra
97 à 99Usado para aplicações específicas
150Indicador de falta à terra
AFDDetector de arco voltaico
CLKClock
DDRSistema dinâmico de armazenamento de perturbações
DFRSistema de armazenamento de faltas digital
ENVDados do ambiente
HIZDetector de faltas com alta impedância
HMIInterface Homem-Máquina
HSTHistórico
LGCEsquema lógico
METMedição de Subestação
PDCConcentrador de dados de fasores
PMUUnidade de medição de fasores
PQMEsquema de monitoramento de potência
RIODispositivo Remoto de Inputs/Outputs
RTUUnidade de terminal remoto / Concentrador de Dados
SERSistema de armazenamento de eventos
TCMEsquema de monitoramento de Trip
SOTFFechamento sob falta

Complementação da Tabela ANSI:

50N – sobrecorrente instantâneo de neutro
51N – sobrecorrente temporizado de neutro ( tempo definido ou curvas inversas)
50G – sobrecorrente instantâneo de terra (comumente chamado 50GS)
51G – sobrecorrente temporizado de terra (comumente chamado 51GS e com tempo definido ou curvas inversas)
50BF – relé de proteção contra falha de disjuntor (também chamado de 50/62 BF)
51Q – relé de sobrecorrente temporizado de sequência negativa com tempo definido ou curvas inversas
51V – relé de sobrecorrente com restrição de tensão
51C – relé de sobrecorrente com controle de torque
50PAF – sobrecorrente de fase instantânea de alta velocidade para detecção de arco voltaico
50NAF – sobrecorrente de neutro instantânea de alta velocidade para detecção de arco voltaico
59Q – relé de sobretensão de sequência negativa
59N – relé de sobretensão residual ou sobretensão de neutro (também chamado de 64G) , calculado ou TP em delta aberto
64 – relé de proteção de terra pode ser por corrente ou por tensão. Os diagramas unifilares devem indicar se este elemento é alimentado por TC ou por TP, para que se possa definir corretamente. Se for alimentado por TC, também pode ser utilizado como uma unidade 51 ou 61. Se for alimentado por TP, pode-se utilizar uma unidade 59N ou 64G. A função 64 também pode ser encontrada como proteção de carcaça, massa-cuba ou tanque, sendo aplicada em transformadores de força até 5 MVA.
67N – relé de sobrecorrente direcional de neutro (instantâneo ou temporizado)
67G – relé de sobrecorrente direcional de terra (instantâneo ou temporizado)
67Q – relé de sobrecorrente direcional de sequência negativa
78 – Salto vetorial (Vector Shift)

Proteção Diferencial – ANSI 87:

O relé diferencial 87 pode ser de diversas maneiras:
87T – diferencial de transformador (pode ter 2 ou 3 enrolamentos)
87N – diferencial de neutro
REF – falta restrita à terra
87Q – diferencial de sequência negativa (aplicado para detecção de faltas entre espiras em transformadores)
87G – diferencial de geradores
87GT – proteção diferencial do grupo gerador-transformador
87SP – proteção diferencial de fase dividida de geradores
87V – Diferencial de tensão de fase
87VN – Diferencial de tensão de neutro
87B – diferencial de barras. Pode ser de alta, média ou baixa impedância
Pode-se encontrar em circuitos industriais elementos de sobrecorrente ligados num esquema diferencial, onde os TC´s de fases são somados e ligados ao relé de sobrecorrente.
Também encontra-se um esquema de seletividade lógica para realizar a função diferencial de barras.
Pode-se encontrar em algumas documentações o relé 68 sendo referido à função de seletividade lógica.
87M – diferencial de motores – Neste caso pode ser do tipo percentual ou do tipo autobalanceado.
O percentual utiliza um circuito diferencial através de 3 TC´s de fases e 3 TC´s no neutro do motor. O tipo autobalanceado utiliza um jogo de 3 TC´s nos terminais do motor, conectados de forma à obter a somatória das correntes de cada fase e neutro. Na realidade, trata-se de um elemento de sobrecorrente, onde o esquema é diferencial e não o relé.

Dispositivo de comunicação de dados – ANSI 16:

As letras sufixos ao dispositivo definem sua aplicação. Os primeiros sufixos são:
S – comunicação de dados serial
E – comunicação de dados Ethernet
Os sufixos subsequentes definem:
C – dispositivo de segurança de rede (ex. VPN, encriptação)
F – firewall ou filtro de mensagens
M – função de gerenciamento da rede (SNMP)
R – roteador
S – switch
T – telefone
Uma switch Ethernet gerenciável terá o seguinte código: 16ESM

Compartilhe: